S.O.S Moda ON | Por Nathy Oliveira

SPFW Verão 2017: Segundo e terceiro dia

A semana de moda em São Paulo chegou ao fim nesta sexta-feira-feira, 29, e, não poderia deixar de compartilhar com vocês sobre os desfiles que eu tive a honra de participar. Foi  o meu primeiro SPFW e não poderia ter sido melhor.

Não estive presente no primeiro dia, então, irei compartilhar sobre os desfiles do segundo dia até o último, separados em duas postagens resumidamente sobre cada desfiles que eu assisti.



Segundo dia - (26/04/16)

Karl Lagerfeld para Riachuelo - Verão 2017

O primeiro desfile do meu primeiro SPFW foi do Lagerfeld para a Riachuelo, que trouxe o novo conceito "See now, buy now", na tradução do português quer dizer "veja agora, compre agora". Isabeli Fontana foi quem deu início ao desfile. Após todas as modelos desfilares, várias araras vieram com roupas disponíveis para compra. 

                                                         (Fotos do site FFW)


A cor preta era a cor predominante, apesar de ter outros looks de cor rosa bem escuro, um azul royal e a cor branca. O couro ecológico se fez presente em vários looks e em todos os tipos de peças, tais como jaqueta, blusa, saia e calça. As cinturas são todas no lugar, não teve cintura alta e nem cintura baixa. Os acessórios vieram para completar os looks supercool, com bolsas e luvas curtas com dedos de fora,  estilo motoqueiro. A beleza do desfile era bem suave,com make leve de boca nude, a maioria dos cabelos ficavam para atrás das orelhas, com algumas exceções de cabelos soltos bagunçados e algumas modelos de cabelo raspado. 

Terceiro dia - 27/04/16

A la Garçonne - Verão 2017

A la Garçonne, que estreio com Alexandre Herchcovitch, marca que Fabio Souza, companheiro de Alexandre, fundou, teve um grande espetáculo nas passarelas. O estilista que teve pouco tempo e poucas pessoas na produção, aceitou o desafio e o resultado foi incrível.  Com toques vintage, a cartela de cores estavam variadas, com azul, tons terrosos, verde militar, branco, cinza, preto etc. As peças tinham um conceito upcycling, que é a ideia de transformar produtos descartáveis em novos materiais, portanto, até lona estava presente nas peças. Chiffon de Seda, linho-denim, pelos e armação crinol, também se encontra na coleção.

                                                   (Fotos do site FFW)


A coleção tem peças femininas e masculinas, com algumas peças fluídas e peças com volumes. Algumas silhuetas estavam bem marcadas, como no caso do look com blazer. Pulseiras, colares delicados, óculos, gorros e bolsas, compunham os acessórios da coleção. Para finalizar, a beleza do desfile era simples, com cabelos naturais, cada um tinha um estilo e make suave, com batom alaranjado leve e bem delicado.


Samuel  Cirnansck - Verão 2017

Samuel, com seus vestidos para noivas e madrinhas, fez um show nas passarelas. Além de trazer uma coleção impecável, trouxe o fetiche  nas passarelas com modelos com as mãos amarradas para trás, segurando uma rosa. As roupas tinham estilo princesa com pegadas mais rebeldes, deixando o estilo em contraste. O meu look preferido foi o vestido apresentado ao final, que me deixou completamente encantada.


                                                   (Fotos do site FFW)

A cartela de cores estava em cores bem leves e suaves como: branco, cinza, pérola, um rosa bem clarinho, bege e para quebrar o padrão vinha a cor preta. Muito brilho e sofisticação deixou a coleção arrasadora. Além de ter vários looks longos com silhuetas bem marcadas e volumosos, teve vestidos com silhuetas não tão marcadas assim, acima do joelho e sem volume. Houve várias flores no cabelo, pulseiras e cintos para compor o look. Para complementar, a beleza era de alguns cabelos soltos e outros com mechas amarradas para trás, com make com marcações nas maças dos rostos, boca nude e uma sombra de tom terroso claro.



Triya - Verão 2017


A coleção da Triya foi inspirada no deserto e na força da mulher. Com bastante variações em estampas a coleção, uma delas sendo a étnica, deixou todos que estavam ali encantados com a ousadia dos cavados, que não se via muito.


 
                                                   (Fotos do site FFW)

Azul, vermelho, marrom, preto, branco, amarelo, verde, rosa etc, compuseram uma cartela de cores bastante diversificada da coleção. Lycra, microfibra, seda, veludo, entre algumas das matérias das peças. Os brincos grandes e colares deixaram os looks mais completos. Os cabelos estavam todos trançados, porém uma rança não certa, contendo algumas cabelos bagunçados e a make estava suave, com um pouco de sombra iluminada e batom nude.


Ellus 2nd Floor - Verão 2017

A marca Ellus brincou nas passarelas com a coleção inspirada na série do Batman, da década de 60, mas com design bastante profissional. Os conjuntos com moletom ganharam destaque nesta coleção. O cenários estava totalmente em harmornia com todas as peças, parecia um final de rua, com muro pichado e alguns cones espalhados, que fazia-nos sentir literalmente dentro de uma cena da série que foi inspiração. A passarela foi divido em duas partes e o que fazia essa divisão era como se fosse uma grade. O cor preta foi predominante no desfile, mas teve várias cores que se identificavam com a série, como vermelho, branco, cinza e alguns detalhes em amarelo.


                                                   (Fotos do site FFW)

Com peças em jeans, moletom dublado e couro, a coleção tinha bastante cintura alta. As variações divertidas das bolsas chamaram muita atenção. As modelos usavam botas pretas e meias pretas finas, que vinham até a canela. A beleza foi composta por cabelos ondulados e soltos, com make leve e boca nude.


Gostaram? Espero que sim! Amei estar em cada desfile e ter a honra de contar como foi para vocês. Beijos e até a próxima postagem!



Prê-à-Porter vs Alta Costura: Qual a diferença?

A moda tem diversos conceitos e, dentre eles, temos o prê-à-porter e alta costura, que muitas pessoas não sabem diferenciar e outras já estão cansadas de explicar a diferença. Para facilitar para vocês, a fim de trazer uma linguagem menos formal, vou explicar de uma maneira bem popular, para que fique bem entendido a todos apaixonados por moda que ainda não estudam ou querem levar a moda como apenas hobby.

Ninguém é obrigado a saber diferenciar os conceitos e entender as linguagens da moda, mas para um bom apaixonado por moda ou estudante, é essencial saber o significado desses conceitos para ficar por dentro desse mundo e saber do que está se falando.


Vou começar pela Alta Costura, que antecedeu o prêt-à-porter:

Alta Costura

Desfile Dior Inverno 2017

A Alta Costura remete ao produto que é produzido totalmente artesanalmente e exclusivo. Ele é feito a partir de medidas exatas e sob encomenda. Tendo um valor bem alto e o público MUITO limitado. A exclusividade é uma coisa que é levada muito a sério,principalmente pelo valor alto que se paga, os clientes exigem cada vez mais. O mercado tem um público muito limitado, apenas elite. Hoje em dia, existem marcas que também fazem coleções Prêt-à-Porter.

Prê-à-Porter

Desfile Yves Saint Laurent Fall Winter 2016/17 

O nome significa "pronto para vestir", que é uma ideia de roupas feitas em séries e prontas para serem vendidas e assim usadas. O conceito surgiu no fim da Segunda Guerra Mundial, pelo fato da guerra ter afetado vários mercados, a moda não ficou de fora, a Alta Costura teve algumas mudanças. Além da Segunda Guerra Mundial, na década de 60 a ascensão dos jovens contribuiu para a abertura desse novo mercado, onde os jovens ditavam a moda, diferente de antes. Com tudo isso, o Prêt-à-Porter ganhou forças, criando peças não exclusivas e não artesanais, como a Alta Costura, tendo seu público ampliado e o valor reduzido. 


Espero que vocês tenham gostado e tenha esclarecido a dúvida de vocês. Beijos e até a próxima!

Estudando Moda: Criação de Look de papel

Olá, pessoal! Sei que a frequência de postagem no blog caiu muito, devido a minha nova rotina e adaptação na nova cidade (quem não viu o post sobre isso, clique aqui). Tantos trabalhos na faculdade me prenderam ainda mais para me adaptar com facilidade a nova vida, mas a experiência, por mais difícil que seja, tem sido muito boa. Resolvi criar um "tag" de postagem aqui no blog, chamada "Estudando Moda", para compartilhar minha experiência e  curiosidades sobre o curso com vocês. Vou tentar o máximo atualizar e tentar tirar algumas curiosidades pra quem quer cursar essa área.



Em meios a tantos trabalhos e provas, o trabalho de Modelagem Experimental me trouxe uma experiência muito incrível na área prática e por isso quis compartilhar com vocês. A ideia era fazer uma visita a um bairro/avenida (o do meu Trabalho foi sobre a  Avenida Paulista) e, através dessa visita, criar um look tridimensional inspirada na avenida e feito totalmente de papel. Podíamos usar apenas uma cor de papel e algumas limitações nos tipos. 

O tempo foi muito corrido, até criar a ideia, passar para o papel, discutir a proposta com o grupo, começar a parte prática e finalmente apresentá-lo a professora, demorou e foi tudo bem trabalhoso, principalmente por termos escolhido trabalhar com origamis (me lembrem de não escolher fazer isso em trabalhos mais, haha). Sou suspeita a falar, mas eu fiquei apaixonada pelo resultado e me surpreendeu muito.



Ficha Técnica
Make: Marcela Eduarda
Modelo: Julia Marinho

Cabelo: Mateus Cardoso
Criadores: Nathália Oliveira, Marcela Eduarda, Mateus Cardoso, Thais Miranda, Rafaela Rodrigues e Julia Marinho.
Matéria: Modelagem Experimental
Tema: Avenida Paulista (Inspirada na beleza dos edifícios e nas fiações escondidas no subterrâneo da Paulista com Estilo Futurístico)
Materiais: Papel sulfite e Papel Vegetal (estrutura de arame)
Prof.: Simone
Faculdade: Santa Marcelina 


Espero que tenham gostado do resultado, beijos e até a próxima postagem!

A busca por um sonho: Cheguei, São Paulo!

Olá pessoal, tudo bem? Enfim, consegui tirar um tempo para voltar as postagens do blog. Está tudo muito corrido! Me organizar não está sendo uma das tarefas fáceis da vida, mas estou tentando. Como prometido, vim contar a vocês tudo sobre a minha mudança para São Paulo, já que essa mudança vai trazer muitas coisas novas para o blog também. Para vocês entenderem tudo, vou fazer uma retrospectiva... Não vai ser pequena, mas garanto que será interessante!


             Primeira vez que eu vi o céu de São Paulo assim (visão rara para quem mora aqui)


           {Sugestão de música para ouvir enquanto lê: When I Was Your Man  } 
            A leitura vai ficar muito mais suave. Vai por mim, é só dar PLAY!<3


         
Eu estava cursando técnico em meio ambiente integrado ao ensino médio,
no Instituto Federal do Espírito Santo,  Campus Ibatiba-ES, porém, no ano passado, algo começou a me incomodar, diante aos objetivos que eu tinha na minha mente. O curso estava indo para o início do último ano, que seria o quarto. Os três anos, que correspondem ao ensino médio, já estavam concluídos, mas precisava concluir até o quarto ano para conseguir o diploma. Se eu abandonasse antes, perderia o ensino médio. A escola ocupava muito o meu tempo, visando o fato de que eu ia e voltava todos os dias e alguns ficava durante a tarde para realizar trabalhos, além de estar trabalhando com o meu pai e ajudando cuidar dos meus irmãos. Sem pensar em outra alternativa, resolvi iniciar o ano de 2015 continuando na escola e terminando os estudos...


Eu sou um tipo de pessoa que se algo me incomoda ou eu mudo a atitude ou aquele algo tem que sumir. Não consigo conviver com conflitos internos. Alguma coisa tinha que mudar. Comecei a estudar e logo percebi que eu precisava fazer algo. Não estava conseguir fazer planos pra me organizar, para cuidar do meu blog, cuidar dos meus sonhos e estudar para passar na faculdade que tanto queria (apenas a melhor em moda do Brasil). Percebi que aquele era o meu limite, pois já estava ficando dispersa nas aulas e não conseguia focar nem em uma coisa e nem em outra... Resolvi largar os estudos!

Como assim? Eu  explico: O meu sonho sempre foi vir embora para São Paulo e cursar moda na Faculdade Santa Marcelina, mas para isso precisaria estudar muito para ganhar uma bolsa, pois não teria como viver em São Paulo sozinha e ainda pagar a mensalidade da faculdade (que não é nem um pouco barato). O meu pensamento foi: "Eu saio da escola, estudo o ano inteiro para tirar nota boa no Enem e cuido do meu blog; Com a nota do enem pego a conclusão do ensino médio e garanto uma vaga com bolsa na faculdade"... Mas quem iria entender essa atitude radical? Sair da escola pra estudar em casa? Quando contei aos meus pais, de imediato, acharam que eu estava fazendo a pior escolha da minha vida. Eu até que fiquei insegura sim, mas diante a tantas pessoas que duvidaram da minha capacidade, isso me deu ainda mais forças para provar ao contrário de que todos diziam, de que eu estava "louca" e não queria "nada da vida".

O início foi o mais conturbado. Não consegui provar para as pessoas que essa era a melhor escolha, mas só eu sabia o meu limite, a minha capacidade e onde eu queria chegar com tudo aquilo. O ano foi um ano muito difícil, aprendi muito e tive muitas provações... Mediante a tudo isso, também tive algumas conquistas, como ter aprendido espanhol sozinha, que me fez me tornar fluente, receber homenagem na Câmara Municipal de Lajinha-MG, como reconhecimento do meu trabalho com moda e parabenização por três anos de blog, etc.
Em outubro, do mesmo ano, tive que "abandonar" o blog e me dedicar somente aos estudos. Minha rotina durante o ano foi: estudar, cuidar das minhas coisas pessoais, trabalhar, cuidar dos meus irmãos etc... Quase não saia, deixei de ir a vários lugares para focar no que eu realmente queria. Depois de ter abandonado o blog, o foco era só estudo. Me mudei para Vitória-Es e lá fiz um cursinho de 3 meses, no qual estudava o dia inteiro...


Depois de todas os obstáculos enfrentados, a prova do Enem chegou e só me restava fazê-la e orar para que tudo desse certo... Foram momentos tensos até esperar o resultado, mas chegou. Consegui com a nota do enem pegar o diploma, pelo mesmo instituto que estudei, e em fevereiro recebi a notícia de que havia conseguido uma vaga na tão sonhada faculdade com uma bolsa de 100%. 
Que felicidades! Não sei até hoje descrever o que senti e o que sinto quando olho para atrás e vejo tudo que enfrentei para conquistar o que eu sempre sonhei. Em quatro dias já estava em São Paulo sozinha (nunca tinha vindo) e resolvendo tudo para, definitivamente, ser uma aluna da FASM.
Apesar de todos os apertos e sufocos já vividos aqui em SÃO PAULO, eu só agradeço a Deus por sempre me ajudar a ser confiante e correr atrás dos meus sonhos. Sair de uma cidade do interior e viajar cerda de 12 horas para uma cidade que nunca esteve antes, em busca de um sonho, exige muita fé e determinação. Nada é fácil, mas está valendo cada instante! Agradeço a cada apoio que recebi também, amigos e familiares, sem eles tudo teria sido muito mais difícil.


Ah... Sabe aquela história de segundo plano? Eu também tinha. O meu segundo plano era conseguir uma bolsa na FAESA, em Vitória-ES, também para o curso de moda, caso a faculdade de São Paulo não desse certo. Resultado? Além de passar na FASM, consegui uma bolsa de 100% na FAESA. 

Eu só queria compartilhar isso com vocês e saber que, de alguma forma, eu possa contribuir para despertar pelo menos um sentimento em vocês: FÉ. Eu sei que minha história não é uma mega história surpreendente, mas as histórias de maior sucesso e realizações, começam por partes. Essa é a minha primeira e tenho certeza que vou compartilhar muitas outras com vocês. Eu não conheço o sonho de cada pessoa que está lendo isso, mas sei que se você confiarem e irem atrás, ele vai se realizar. Não desista! Não perca a fé! Não quero que sigam os mesmos passos que eu segui, a minha ideia ou o meu pensamento, pois cada caso é um caso. Quando tudo estiver difícil, lembre-se que só quem passa por momentos difíceis consegue conquistar seus objetivos.
 Como diz um grande amigo: 
" O que seria das boas histórias se não fossem os momentos difíceis?" 
- Oliveira, Vinicius.

 Espero que tenham gostado, beijos e até a próxima postagem!

Vestidos formais pela internet: Será que dá certo?

Oi pessoal, tudo bom com vocês? Sabemos que o mercado na internet tem se expandindo cada vez mais. Várias marcas tem vindo para a internet com a intenção de expandir seus clientes, já que o crescimento de lojas online tem sido um sucesso. O fato de comprar, sem sair de casa, antes era uma ideia que causava muito medo e algo bem duvidoso. Hoje em dia, apesar de ainda não confiar em todos os sites que vemos pela frente, a segurança que as empresas nos passam é maior, sem contar as diversas referências que temos em sites e blogs que nos mostram o feedback de empresas e marcas. 


É claro que tem um certo ponto negativo nessa era digital, mas convenhamos que tornou muita coisa mais fácil e prática. Hoje podemos até mesmo comprar roupas super formais com preços e formas de pagamentos super acessíveis. O que tem dominado aqui no Brasil são as lojas online internacionais, que conseguem atender as necessidade dos clientes tanto em meio econômico, quanto no diferencial nos produtos. Apesar de ser complicado a parte de "troca de produtos" que são comprados online, existem lojas que facilitam para que isso não aconteça. Por exemplo: deixa-o ciente de todas as medidas de uma certa roupa, na descrição do produto, e de seu tecido. É bem mais fácil,né? A loja SherryLondon tem essa estrutura e os vestidos formais, como para batizados. O preço de um look formal não é como um preço de roupa comum, mas consegue ainda se destacar com suas ofertas. A loja tem site para vestidos formais de festas, casamento e também para batizados e eventos religiosos formais, coisa que eu nunca tinha visto em outro loja online. O outro site da loja dedicado exclusivamente para eventos religiosos, como batizado, é o Jesus speaks to me.


Como vocês sempre gostam de indicações de lojas e saber se é de confiança ou não, essa eu indico para vocês. Separei alguns produtos da loja para vocês verem... E, já sabem, né? Precisando de algum look formal, é só fazer uma visitinha no site e buscar o que procura. Recomendo que compre com antecedência da ocasião que desejam usar, por causa de ser loja internacional, é mais seguro que compre antes, pois a entrega demora um pouco mais (cerca de 20 a 45 dias úteis, dependendo da sua localização, da encomenda e da empresa).




Espero que tenham gostado da dica de hoje. Beijos e até a próxima postagem!